Você está aqui ->
Home > Artes Marciais > MMA > A nossa “Leoa” Amanda Nunes conquista o Oscar do MMA

A nossa “Leoa” Amanda Nunes conquista o Oscar do MMA

Na última quinta-feira (02) aconteceu o World MMA Awards 2017, prêmio que é considerado o “Oscar” do esporte. A premiação elegeu os melhores de 2016 em 22 categorias, através de votação popular pela internet. Além de Amanda, outros quatro brasileiros concorreram aos prêmios da noite. O evento é promovido pela revista “Fighters Only”,

Concorrendo ao posto de melhor lutadora do ano, a campeã peso-galo (60 kg) do UFC, Amanda Nunes teve como concorrentes Cris Cyborg, Angela Hill, Joanna Jedrzejczyk e Angela Lee. Além da Amanda, o País foi representado por Jhenny Andrade, ring girl que quebrou a sequência de triunfos de Arianny Celeste e garantiu o posto de melhor ring girl do mundo, prêmio inédito até então.

A baiana Amanda Nunes foi eleita “lutadora do ano” no World MMA Awards 2017, e contou com alguns vencedores mais do que esperados, mas aqueles não apontados como favoritos foi o destaque da noite. A baiana não pôde comparecer ao evento, mas enviou um vídeo agradecendo o apoio dos fãs.

O troféu de lutador do ano ficou para Conor McGregor que não comparecer à premiação e nem enviou um vídeo de agradecimento aos fãs. O irlandês é o primeiro lutador a deter cinturões de duas categorias de peso do UFC simultaneamente em 2016. Dana White venceu pela nona vez o prêmio de dirigente do ano.

A edição 2017 do “Oscar do MMA” também fez uma homenagem especial a Tito Ortiz, pelos 20 anos de carreira e o por sua contribuição ao esporte. O lutador relembrou parte de sua história e agradeceu ao apoio dos fãs.

Confira abaixo a lista dos principais premiados

Lutador revelação do ano: Cody Garbrandt

Lutador internacional do ano: Khabib Nurmagomedov

Luta do ano: Cub Swanson x Choo Ho Choi (UFC 206)

Nocaute do ano: Michael Page (contra Cyborg Santos, Bellator 158)

Finalização do ano: Nate Diaz (contra Conor McGregor, UFC 196)

Retorno/reação do ano: Miesha Tate (contra Holly Holm, UFC 196)

Zebra do ano: Michael Bisping (contra Luke Rockhold, UFC 199)

Treinador do ano: John Kavanagh

Preparador do ano: Mike Dolce

Academia do ano: American Top Team

Árbitro do ano: John McCarthy

Ring Girl do ano: Jhenny Andrade (brasileira)

Organização do ano: UFC

Vaneisa Pires
Formada em Administração com habilitação em Marketing pela Faculdade Castro Alves, Pós-Graduada em Gestão Esportiva pela Faculdade 2 de Julho e Professora de Karate Faixa Preta 2º Dan.
http://www.askape17.blogspot.com.br/

Deixe uma resposta

3 × dois =

Top