Você está aqui ->
Home > Esporte Olímpico > Esporte Baiano > Futebol > E.C. Vitória > A violência institucionalizada

A violência institucionalizada

O jogo de ontem vencido pelo time de Lauro de Freitas foi o reflexo do quão a irresponsabilidade de declarações infelizes e posturas antidesportivas e profissional podem interferir no que deveria ser um espetáculo onde o futebol é seu principal produto. Desde o primeiro JaxVi, ainda pelo baianão (que resultou na morte de um garoto que horas antes proferiu em um rede social palavras de ameaça) que o clássico baiano, que era somente um palco de provocações e resenhas, parece não ser mais o mesmo.

A morte do garoto no pós JaxVi, resultou na ação do Ministério Público que determinou que o clássico seria disputado com torcida única. A semana que antecedeu o primeiro jogo da Copa do Nordeste a torcida do fusquinha povoou as redes sociais com reclamações com arbitragem, tranquilidade, faz parte do universo do torcedor se sentir injustiçado sempre que seu clube perde. Eu mesmo, já fiz isto inúmeras vezes, é quase que meu “papel” agir assim.

O primeiro jogo aconteceu e Pedro Henriques, Vice-presidente do Jahia, insinuou no pós-jogo que houve favorecimento da arbitragem ao prejudicar o seu clube. “digam o que é preciso fazer, em quem precisamos votar” ele completa dizendo que “não aguentam mais ser prejudicados” e termina “convocado” a torcida. Notem, esta ação desencadeou uma sequencia de outras que culminaram nos atos de violência dentro de campo (nas duas partidas) um absurdo que não me lembro ter visto antes em nosso estado.

O torcedor é o que se chama de do lado mais emocional no cenário futebolístico, mas o vice-presidente de um clube é o representante institucional, é preciso que haja responsabilidade em suas declarações pois senão as ameaças de morte sofridas pelo árbitro se tornarão lugar comum e a rivalidade saudável dará lugar a cenas de imbecilidade generalizadas, como as que o “machão” do Argel protagonizou (e pouco importa se Edson ou Feijão começaram).

Há uma lista de ações que ocorreram nesta semana resultado desta imbecilidade intitucionalizada:

Jean atrapalha ação promocional do Vitória durante intervalo do Ba-Vi

http://www.bahianoticias.com.br/esportes/vitoria/16812-jean-atrapalha-acao-promocional-do-vitoria-durante-intervalo-do-ba-vi.html

Carro com três jogadores do Vitória é atingido por tiro após clássico no Barradão

http://globoesporte.globo.com/ba/noticia/carro-com-tres-jogadores-do-vitoria-e-baleado-apos-classico-no-barradao.ghtml

O jogo

O Jahia venceu a partida por dois gols de diferença, está na final da competição da qual somos o maior vencedor e, embora tenha havido erros de arbitragem que favoreceram as tainhas, o resultado foi conseguido graças a incapacidade de Argel de apresentar uma postura combativa ao invés de tentar “segurar” a pequena vantagem que possuía. A melhor coisa que nos poderia acontecer era que esse infeliz fosse demitido ainda no vestiário.

 

 

Emerson Leandro
Emerson Leandro Silva, torcedor do Vitória, escritor, Micro-empresário, fotógrafo, webwriter, designer e atleta aos fim de semana.
http://esportebaiano.com
Top