Você está aqui ->
Home > Esporte Olímpico > Esporte Baiano > Ciclismo > BRASIL RIDE 2016 – 7ª Edição

BRASIL RIDE 2016 – 7ª Edição

Foi realizada no período de 14 a 22 de outubro a 7ª edição do Brasil Ride 2016.

Com um investimento de quase meio milhão de reais investido pelo Governo do Estado, a 7ª edição do Brasil Ride 2016, contou com a presença de 24 países, 23 Estados Brasileiros e cerca de 500 atletas, dentre eles 53 duplas baianas além de campeões olímpicos e mundiais que participaram durante estes sete dias.

Este evento teve o apoio do Governo do Estado, por meio da Superintendência dos Desportos do Estado da Bahia (Sudesb), autarquia vinculada à Secretaria Estadual do Trabalho, Emprego, Renda e Esporte (Setre).

A ESTRUTURA

Os organizadores tiveram a preocupação em oferecer todo apoio e suporte para os atletas participantes, através de um serviço de buffet, equipe médica, posto médico, segurança, bike wash (equipe de limpeza de bike na linha de chegada), tendas individuais com colchões para os atletas descansarem após a prova, banheiros fechados com duchas, Lounge Brasil Ride e jantar no final de cada dia. Esses foram alguns dos benefícios dessa competição

NOVIDADE – MUDANÇA DE LOCAL

Após ser realizada entre os anos de 2010 até 2015 na Chapada Diamantina, com base nas cidades de Mucugê e Rio de Contas, a Brasil Ride este ano foi realizado na Costa do Descobrimento, no Sul do Estado. A cidade de Porto Seguro, mais precisamente em Arraial d’Ajuda, abrigou uma das vilas da Brasil Ride, enquanto a outra vila ficou na fazenda Conjunto Boa Vista, no município de Guaratinga que foi o segundo local de acampamento para os 500 atletas participantes. No geral os atletas percorreram cerca de 600Km, no total de sete etapas.

A BRASIL RIDE

É a maior prova por etapas de mountain bike do continente americano. Nascida na Bahia a Brasil Ride tem como objetivo incrementar e envolver os principais atletas mundiais da modalidade; promover um intercâmbio técnico e esportivo, além de proporcionar a divulgação, massificação e alavancar essa prática esportiva no Brasil e no mundo.

“A Brasil Ride foi incluída no Estatuto da União Ciclística Internacional (UCI), em 2013. Na época, era a única prova de mountain bike por etapas no continente americano a aparecer no calendário UCI. Desde então, a Brasil Ride foi classificada como evento de categoria S1, tanto para competidores profissionais homens, quanto para as mulheres.”

Disputada sempre em equipes, a Brasil Ride teve as categorias Feminina, Mista, Open, Master (nenhum atleta com menos de 40 anos na categoria Master), Grand Master (nenhum atleta com menos de 50 anos), Nelore (acima de 90kg) e categoria Corporativa (3 integrantes).

A PROVA

“Os brasileiros conquistaram pódios importantes na ultramaratona Brasil Ride nesta temporada. Para a mineira Isabella Lacerda (LM/Sense de MTB) veio a conquista inédita da principal categoria feminina da competição, realizada entre 16 e 22 de outubro, em Arraial d’Ajuda e Guaratinga, após dois anos seguidos em que bateu na trave, com dois títulos das Américas.

Já o mineiro Sherman Trezza e o petropolitano Wolfgang Soares, ambos da Caloi Elite Team, garantiram o bicampeonato da American Men na ultramaratona, após Sherman vencer em 2014 e Wolfgang em 2015, ambos ao lado de Henrique Avancini.

Na categoria Máster, Abraão Azevedo, mais uma vez em parceria com Bart Brentjens, faturou o título. Na Gran Máster os campeões foram Heleno Caetano Borges e Paulo Felpe Vasconcelos.”

“Na principal categoria da competição, Open, a dupla da Trek San Marco II, formada por Fabian Rabensteiner (ITA) e Alexey Medvedev (RUS), não deu chances para o azar e comemorou o título com mais uma vitória, a quarta em sete estágios. Daniel Geismayr (AUT) e Jochen Kaess (ALE), vice-campeões no geral, completaram em segundo, enquanto Jiri Novak (CZE) e Hans Becking (HOL) concluíram na terceira colocação do dia, porém não com tempo suficiente para ultrapassarem Tiago Ferreira (POR) e Roel Paulissen (BEL), dupla que garantiu o terceiro lugar no acumulado.”

CONFIRA O RESULTADO FINAL ACUMULADO
Open
1- Fabian Rabensteiner (ITA) /Alexey Medvedev (RUS) – 24h26min51
2- Daniel Geismayr (AUT) /Jochen Kaess (ALE) – a 13min52
3- Tiago Ferreira (POR) /Roel Paulissen (BEL) – a 1h00min09
4- Jiri Novak (CZE) / Hans Becking (HOL) – a 1h00min47
5- Hugo Prado (BRA) / Lukas Kaufmann (SUI) – a 1h06min48

Ladies
1- Isabela Lacerda (BRA) / Leticia Candido (BRA) – 34h18min47
2- Janet Correia (BRA) /Joana Nobrega (BRA) – a 6h35min23
3- Maria Brandão (BRA) / Vanessa Lessa (BRA) – a 8h11min29

Mista
1- Piero Pellegrini (ITA) /Annabella Stropparo (ITA) – 31h05min15
2- Valmor Hausmann (BRA) /Tania Clair Pickler Negherbon (BRA) – a 1h51min25
3- Marcelo Moser (BRA) /Ana Luisa Korc Panini (BRA) – a 4h23min54

Máster
1- Bart Brentjens (HOL) / Abraão Azevedo (BRA) – 27h42min57
2- Pierre Bourquenoud (SUI) / Serge Robadey (SUI) – a 4h30min05
3- Weimar Pettengill (BRA) / Andre Guimarães (BRA) – a 5h42min48

Gran Máster
1- Heleno Caetano Borges (BRA) / Paulo Felpe Vasconcelos (BRA) – 33h32min41
2- Hermes Santana (BRA) / Dorivaldo Abreu (BRA) – a 2h04min56
3- Fabrício Fontoura (BRA) / Dirceu Araujo (BRA) – a 5h12min55

Nelore
1- Gerson Junior (BRA) / Marcelo De Oliveira (BRA) – 38h54min03
2- Jorge Silva Sousa (BRA) / Fabio Yukio Hossaki (BRA) – a 2h57min44
3- Marciu Friedrich (BRA) / Jose Emilio Menegatti (BRA) – a 6h25min33

Corporativa
1- Diego/Edson/Robson – 32h16min34
2- Mauricio/Luiz/Ricardo – a 1h43min30
3- Luiz/Igor/Albert – a 1h46min22

Lista geral http://www.romasportsmkt.com.br/brasilride/portugues/default.asp?id=resultados&ano=2016&pg=acumulado

Fonte: ASCOM/SETRE, RomaSportsMKT, BikeMagazine

Imagem: RomaSportsMKT

Vaneisa Pires
Formada em Administração com habilitação em Marketing pela Faculdade Castro Alves, Pós-Graduada em Gestão Esportiva pela Faculdade 2 de Julho e Professora de Karate Faixa Preta 2º Dan.
http://www.askape17.blogspot.com.br/
Top