Você está aqui ->
Home > Esporte Olímpico > Esporte Baiano > Futebol > E.C. Vitória > O Vitória é uma roleta Russa

O Vitória é uma roleta Russa

É notório que o Vitória melhorou em campo, afinal saímos de um time que não oferecia risco algum a nenhum adversário, para a situação de oscilarmos entre boas atuações e apresentações questionáveis com erros individuais. Não é o bastante, é somente menos ruim e isto para quem é torcedor é o mesmo que péssimo. Hoje, mais uma vez na roleta Russa que tem sido nossa participação no campeonato brasileiro, atuamos em baixa novamente.

A nossa zaga que desde o retorno do mito Kanu (dedos cruzados) parecia ter se acertado, voltou a falhar copiosamente, de forma amadora. Fred seu filho de uma fruta, bota a porra do pé firme na bola sua misera! Nós já vínhamos sendo pressionados na partida, mas respondíamos também, o jogo estava equilibrado até o presente desse filho de uma santa. Perdemos em casa

O Vitória, mais uma vez cometeu falhas amadoras e obviamente a torcida do Vitória busca culpados, além das jogadas imbecis de Fred, o escolhido da vez parece ter sido David. Eu sinceramente não consigo compreender o que nosso torcedor espera que David, sozinho,faça no nosso ataque. O cara é o único que chuta a gol em nosso ataque, corre, rouba bolas,dá passes e ainda assim diversas vezes a torcida acredita que ele é apadrinhado de alguém do clube.

Gallo, com o nome que tem nas mãos fez a melhor opção ou como penso ser mais adequado… A opção menos ruim. Aqui deixo registrado minha opinião. Acho que Patrick não tem jogado bem, na verdade desde que chegou aqui ele consegue se destacar como opção ofensiva, como fazia no Atlético MG ou Sport. Penso que seria mais interessante por um bloco ofensivo com Todinho, Neilton, Gabriel Xavier e Kieza do que insistir em Salino que taticamente foi péssimo, mais uma vez.

Acompanhando alguns grupos da torcida do Vitória já cunha como “péssimo jogador” “fraude” o Carlos Eduardo, jogador de 29 anos que acaba de fazer exames e assina contrato com o Vitória para tentar suprir a ausência de um meia que proponha o jogo e faça a tão sonhada transição de bola rápida entre meio e ataque. Óbvio que a fama preocupa, mas a torcida do Vitória não é parâmetro afinal, falou mal da contratação de Escudero e ele virou ídolo, falou be, Cadernas e Dátolo e eles não fizeram nada.

 

Ps: Talvez seja a ora de pensar em dar a titularidade a André Lima, viu?! O cara entra e sempre se envolve de alguma forma em lances de perigo de gol. Muito mais efetivo que Kieza, basta olhar os números que ele acumula, mesmo estando no banco, quase sempre. Um monstro!

Emerson Leandro
Emerson Leandro Silva, torcedor do Vitória, escritor, Micro-empresário, fotógrafo, webwriter, designer e atleta aos fim de semana.
http://esportebaiano.com
Top