Você está aqui ->
Home > Esporte Olímpico > Esporte Baiano > Futebol > E.C. Vitória > Vitória é goleado e perde a chance de sair do Z4

Vitória é goleado e perde a chance de sair do Z4

Beneficiado pelo triunfo do Inter, sobre o Palmeiras, o Vitória dependia apenas dele mesmo pra escapar da Zona Maldita. Caso vencesse os rubro-negros cariocas, o time baiano afundaria os paulistas na Zona. Mas não foi o que aconteceu.

Com um time muito modificado na defesa o Leão não conseguiu se acertar em campo. Apesar de ter começado muito bem, com um gol anulado com menos de dois minutos de jogo, o time de Ney Franco pecava muito no setor defensivo.

O Flamengo chegou ao primeiro gol numa falha grotesca de Kadu, que abriu o placar pro Urubu da Gávea, em lance duvidoso, mas legítimo. A bola entrou. Fim do primeiro tempo.

Tão legítimo quanto o gol foi o pênalti em Dinei. Vergonhosamente, o juiz ignorou e levou ao desespero o time do Vitória. O lance foi tão decisivo que tirou Dinei e Escudero do próximo jogo. Um por ter levado o terceiro cartão e o outro ainda recebeu mais um amarelo e foi expulso.

Ainda descontrolado com o lance não marcado o Vitória levou o segundo gol logo depois, com uma bela cabeçada de Elton.

Nixon disparou pela lateral esquerda da defesa do Vitória (onde estava Mansur?) e cruzou para Everton ampliar a agonia baiana.

Nixon ainda deu números finais a partida, com uma boa jogada também pela esquerda da zaga baiana.

Fim de papo, Vitória estacionado nos 38 pontos, ainda no Z4 e agora precisa vencer o Santos e rezar por um tropeço do Palmeiras, na Allianz Arena, contra o Atlético -PR.

A verdade é que o jogo foi um massacre, com o Flamengo chutando 19 vezes, contra apenas 8 chutes do Vitória a gol. Além disso, desses 8, apenas metade foram em direção ao gol.

Ao final da partida, o capitão Richarlyson desabafou e mostrou toda sua irritação com a arbitragem, que mais uma vez, prejudicou o Vitória:

– A gente foi coerente em todas as reclamações. Eu particularmente encerro minha carreira aqui. A gente veio para brigar e ver o que o senhor Elmo fez hoje… Não venho representar uma equipe como o Vitória para ver o que o Elmo fez hoje. A convicção que marcou o gol do Flamengo valeu. Foi um ponto positivo, ok. Mas convicção para não marcar o pênalti a nosso favor foi impressionante. Não vim a passeio, não vim brincar de passear. Não tenho culpa de eles não serem profissionais. Não estou generalizando, tem árbitros bons. Mas o que eles fizeram aqui… Era o jogo da nossa vida, o que esse cara fez hoje aqui, que Deus abençoe a vida dele. Que o Vitória siga seus passos. O que o Sr. Elmo fez aqui não vale nada.  A torcida não merece isso. Somos homens, mas o que ele fez… – disse o volante.

 

Top